CHEGOU DEZEMBRO! CHEGOU O MÊS NATALINO!


Arte do Canva

Tudo ficou diferente. Nós seguramente estamos diferentes. O tempo passou de forma diferente. E discretamente Dezembro chegou... chegou em meio a um turbilhão, chegou para nos fazer olhar para o passado com Carinho e Gratidão, trazer Coragem para o presente e Esperança para o futuro.


O Mês Natalino não é e não pode ser apenas uma época do ano, o Mês Natalino é um Sentimento intenso que nos invade. As lembranças, os sabores, os cheiros, os sons, as luzes e cores... tudo isso faz parte da nossa preparação pessoal, arrumando dentro de nós o ambiente onde Jesus, mais uma vez, vai nascer.



Fonte: https://joyfullygrowingblog.com/simple-christmas-table-setting-ideas/


Todas as lindas músicas, os presentes, os pratos elaborados, a ornamentação das casas e templos só tem sentido se permitirmos que o Menino Deus habite em nós, receba abrigo em nossas casa e que seja a Estrela das nossas festas. Ele é a tão procurada "Magia do Natal".


A Sagrada Familia está vibrando Amor e Luz, as árvores reluzindo vida, as guirlandas identificando os fiéis, nas mesas o alimento é a chave para a união e os presentes trocados são a oferta de gratidão que levam a Alegria para quem recebe. Ao abrirmos espiritualmente o Mês Natalino estamos preparando nossos corpos, nossos sentimentos e nossos espíritos para que o Verdadeiro Natal aconteça dentro de nós, é a demonstração do nosso compromisso de ser Luz, Amor e Caridade e do desejo de acolher Jesus em nosso coração.


Que seja o Natal, especialmente neste ano tão difícil, uma ponte sobre o Tempo onde podemos criar bons momentos que nos abasteçam para o futuro e aliviem as dores do passado. Que possamos superar neste Natal nossas frustrações, mágoas, perdas, ausências, distancias, medos e tormentas com a convicção de que enquanto caminharmos para Jesus, guiados pela Estrela D'Alva, por mais incerta que seja a estrada, por mais dificuldades que apareçam pelo caminho, sempre haverá um Feliz Natal esperando por nós.


Imagem da internet


32 visualizações0 comentário