Na Umbanda, o dia 27 de setembro é comemorado como o Dia de São Cosme e Damião, dois irmãos gêmeos que eram médicos e faleceram no ano 300 d.C.

A alcunha de “São” é atribuída a eles pelo fato de terem praticado a Medicina sem cobrar nada, apenas pelo prazer de ajudar as pessoas, e porque eles curavam não apenas com seu conhecimento médico, mas também com potentes orações.

Apesar de terem falecido quando adultos, nas religiões afro-brasileiras, Cosme e Damião são associados a crianças. Nessas religiões, os festejos e cerimônias de Cosme e Damião costumam ter doces e brinquedos, os quais as entidades emantam usam como meio para ajudar as pessoas com as vibrações que elas precisam.

Para a Irmandade Espiritual Estrela D’Alva, os Cosminhos (entidades da falange de Cosme e Damião que descem à terra para incorporar) são seres que morreram em estado de graça. Pureza é a força relacionada a Eles, que gostam de interagir com as pessoas neste plano e estão sempre animados.

Salve, Cosme e Damião! Hosanas à sua força!