A evolução espiritual é algo desejado por todos que seguem uma religião.  Porém, para atingi-la, é necessário ter força de vontade, responsabilidade e, principalmente, fé. Esses atributos são necessários para vencer obstáculos, superar desafios e, em alguns casos, fazer certos sacrifícios em prol do bem-estar espiritual.

Entre os sacrifícios necessários durante a caminhada espiritual, o principal deles inclui a troca: para evoluirmos, temos que ser gratos e demonstrar nossa gratidão por meio de atitudes. Assim, mostramos ao Espaço que estamos dispostos a continuar evoluindo e merecendo essa evolução.

A Irmandade Espiritual Estrela D’Alva, por meio de sua filosofia, que se reflete em suas reuniões, cerimônias e ensinamentos, oferece e mostra o caminho para que possamos evoluir, mas precisamos estar dispostos para que isso aconteça. Frequentar os trabalhos e levar a sério o que é dito a nós é o primeiro passo. Mas a caminhada deve ser contínua e gradual. Conforme vamos alcançando conquistas, temos que exercer a força da gratidão – para que assim o Espaço continue aberto à nossa evolução.

A força da troca é ampla. Ela está presente não apenas no fato de frequentarmos as reuniões, mas se manifesta principalmente quando ajudamos a Obra a crescer e continuar seu lindo trabalho. Daí vem a necessidade da associação à IEED. O valor da mensalidade paga pelos associados à Casa é o que a mantém firme e, mais do que isso, o fato de empenharmos esse valor em favor da Irmandade mostra ao Espaço que somos gratos por tudo o que Estrela D’Alva faz por nós e que queremos continuar evoluindo.

Sendo assim, a troca entre nós e o Espaço é imprescindível para o crescimento de ambos. É a reciprocidade, a gratidão, o estreitamento dos laços. E, assim, todos ganham.

Hosanas à Força da gratidão