Domingo de Ramos

Simbolismo e Reflexão sobre a Entrada de Jesus em Jerusalém


Esta celebração marca o início da Semana Santa e é carregada de muito simbolismo, especialmente quando interpretada pela espiritualidade.


Relembrando a entrada "triunfal" de Jesus em Jerusalém, vejamos alguns dos seus elementos através da simbologia espiritual.


O Evangelho conta que Jesus estava montado em um jumento, representando o domínio à Força Animal, a parte Física, nossa mente materializada, nossos comportamentos instintivos, nossos impulso primitivos, tudo aquilo que nós tentamos controlar durante a Quaresma.


Jesus representa a Força Espiritual, que deve dominar e amansar a Força Animal existente em nós, e ao mesmo tempo, é uma prova de que o Espírito, por mais elevado que seja, precisa de uma Matéria, um Físico que possa conduzi-lo na Terra.


O povo acolheu Jesus abanando seus ramos de oliveiras e palmeiras. Os ramos significam a vitória:

"Hosana ao Filho de Davi: bendito seja o que vem em nome do Senhor, o Rei de Israel; hosana nas alturas".

Saudavam Jesus como Filho da linhagem de Davi, esticaram seus mantos na terra para o Nazareno passar, contudo, este mesmo povo, alguns dias depois dá as costas ao Messias e pede sua morte.


Esta passagem é um importante alerta sobre nossa conduta neste planeta: aquele povo saudava Jesus como se fosse um rei material, com esperança em um libertador, pois


precisavam naquele momento de um político que articulasse a libertação do povo judeu do jugo romano, com acordos ou com guerra.


Jesus, para decepção de muitos, não veio à Terra pera servir à Terra e atender anseios terrenos, o Projeto de Cristo é exclusivamente Espiritual, um plano de salvação para as almas humanas em primeiro lugar, sem qualquer compromisso com a esfera material, com a política, com o dinheiro e com nenhuma outra coisa terrena.


Até hoje muitas pessoas se apegam a religião buscando apenas crescimento, evolução e encaminhamento material assim como aquele povo queria um rei guerreiro para a libertação social.


NÃO É ISSO QUE JESUS VEIO TRAZER!


A Promessa de Jesus é Espiritual, mas o povo não quis saber disso, não priorizavam a Vida Eterna, não achavam necessários os Ensinamentos de Cristo, não era à este Jesus Espiritual que eles queriam servir...


A reflexão deste dia é:


Qual Jesus eu quero servir???

46 visualizações3 comentários