Imaculada Conceição

Conheça o Dogma que fundamenta a celebração de hoje.


Em 08/12/1854 o Beato Papa Pio IX declarou o Dogma da Imaculada Conceição de Maria na Bula Innefabilis Deus: “[...] declaramos, pronunciamos e definimos a doutrina que sustenta que a beatíssima Virgem Maria, no primeiro instante de sua conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original, essa doutrina foi revelada por Deus e, portanto, deve ser sólida e constantemente crida por todos os fiéis.”


Papa Pio Pio IX proclamando o dogma

Esta declaração dá conta de que Maria Santíssima foi, no instante de sua concepção, no ventre de Santa Ana, em vista dos Planos de Deus e méritos de seu futuro filho Jesus, preservada do pecado original.

No entanto, embora esta definição seja relativamente recente, o culto à Imaculada Conceição da Virgem Maria é muito antigo. Isto é, o povo já reconhecia que Maria Santíssima foi sempre pura e colocava muita fé na Virgem como aquela que, sendo criatura humana, pode ser a digna auxiliar do Senhor.

No século IV, São Éfrem da Síria, teólogo e compositor, em seus hinos já exaltava a figura da Mãe de Deus, recordando a fé primitiva que afirmava que somente Jesus e Nossa Senhora são puros e imaculados de todo pecado.

Em Portugal conhece-se, historicamente, festas e ofícios litúrgicos dedicados à Imaculada Conceição desde o século VII.

Aos poucos, com o passar dos séculos, de modo especial o século VIII, em toda a Igreja já se celebrava a Conceição Imaculada de Maria no dia 8 de Dezembro para preparar a festa do nascimento de Maria, 9 meses depois, no dia 8 de Setembro.

Coube ao papa Sisto IV em 28/02/1476 definir como festa obrigatória em toda a Igreja a celebração da Imaculada Conceição da Virgem Maria no dia 8 de Dezembro.

Assim, em Portugal, graças à dinastia dos Bragança, desde pelo menos os finais de 1600, Nossa Senhora da Conceição é rainha e padroeira de Portugal e de todos os países de língua portuguesa.

Imagem da Internet

Em 1858, quatro anos após a definição do dogma da Imaculada Conceição de Maria, a própria Nossa Senhora, ao aparecer à Santa Bernadete em Lourdes, apresenta-se falando no dialeto da jovem dizendo: “Que soy era Immaculada concepciou” (frase presente nas imagens de Nossa Senhora de Lourdes). A jovem Bernadete, com a pouca instrução que tinha, nada sabia da definição do dogma e, ao ser investigada e perguntada pela suposta visão, repete as palavras com as quais a Virgem Maria se apresentou. O bispo, que conhecia o dialeto da jovem, entendeu plenamente a mensagem. A própria Mãe de Deus, veio à Terra confirmar o dogma: “Eu sou a Imaculada Conceição”.

Recordemos também que a pequenina imagem aparecida no rio Paraíba em 1717, a imagem de Nossa Senhora da Conceição, tornou-se, pela fé do povo e a confiança na Mãe de Deus, a padroeira do Brasil: Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

Deus olhou para Sua serva e a exaltou já no instante de sua concepção, fruto do amor de Santa Ana e São Joaquim.

Maria, nossa Mãe, nunca soube desta condição até o momento da Anunciação; durante toda sua vida colocou-se a serviço do Uno Supremo.

Por ser Imaculada desde a concepção, Maria Santíssima é o exemplo de todas as Virtudes, explicou nosso Mestre S.S. Pai Miguel Xangô. “É a junção de todos os mananciais, é a essência de todas as essências, é a Glorificação Máxima da Força Germinativa.”


O Mestre continua dizendo: "Se adorais a Deus reverentemente, deveis sempre praticar o culto à Virgem Imaculada, que tudo de vós será encaminhado pela sua intercessão. (Em Estrela D'Alva Ela é mais do que Padroeira, é Regente)"


Por reunir estas características, Nossa Senhora rege todas as Naturezas e detém poder sobre todas as Linhas da Terra, além de chefiar os trabalhos das Linhas de Umbanda, Plano Elevado e Angelus.

Imagem da Internet

Nossa Senhora é o caminho da purificação do Corpo e do Espírito para chegar até Jesus. Como Mãe de Jesus e Mãe da humanidade ela, a toda pura e imaculada, continua seu papel de mãe rogando por nós “agora e na hora de nossa morte” para levar-nos todos, purificados, até o Reino dos Céus. É mãe acolhedora, carinhosa, mas também é chefe de batalhão. Queremos merecer marchar ao Vosso lado, carregando Vosso manto sagrado rumo à Vida Eterna.


Hosanas à Nossa Senhora da Imaculada Conceição, hoje e para todo o sempre!

69 visualizações0 comentário